BAT anuncia novos investimentos

22
164

O Conselho Directivo da CTA manteve um encontro de trabalho, na última Terça-feira, com o Director-Geral da British American Tabacco (BAT), Alexandre Campten, para discutir assuntos ligados ao sector de tabaco, com enfoque para a questão de conteúdo nacional e o combate aevasão fiscal. A BAT anunciou novos investimentos em Moçambique estimados em mais 300 milhões de Meticais a partir deste ano, devido às boas perspectivas que o mercado apresenta.

Em 2017, a BAT pagou de imposto ao Estado 1.7 biliões de meticais e este ano espera que o valor suba até dois biliões devido ao aumento de investimentos e do volume de negócios da empresa.
A BAT foi a primeira empresa a aderir à selagem de tabaco manufacturado, sendo que neste processo gasta cerca de 100 milhões de meticais por ano.
Segundo Eder Pale, Vice-presidente da Comissão de Conteúdo Nacional e Ligações Empresariais na CTA, o sector privado quer que o investimento da BAT em Moçambique beneficie as Pequenas e Médias Empresas moçambicanas através de fornecimento de bens e prestação de serviços
Pale salientou que, a BAT propõe que as leis aprovadas pelo Governo moçambicano sejam devidamente implementadas e que as empresas sejam ouvidas no processo de elaboração das leis e as suas preocupações sejam tomadas em conta.
O encontro entre a Direcção da CTA e o DG da BAT, serviu igualmente para discutir aspectos ligados à contribuição do sector de tabaco em particular da BAT na economia, ao combate a evasão fiscal e ao programa de sensibilização sobre os riscos com o consumo do cigarro.
O Director Geral da BAT, Alexandra Campten, acredita que, em função da parceria com a CTA e a Autoridade Tributária de Moçambique, a evasão fiscal será combatida e serão eliminados do mercado moçambicano os cigarros que não pagam impostos.
Neste sentido, a BAT espera que este ano o processo de selagem de tabaco manufacturado seja implementado em todas as fábricas existentes em Moçambique de modo a combater a evasão fiscal e aumentar as receitas do Estado.
Em coordenação com a CTA, a BAT vai implementar um programa de sensibilização sobre os riscos com o consumo do cigarro.

22 COMENTÁRIOS

Comments are closed.