CTA apresenta oportunidades de negócios e investimentos

0
614

O Fórum de Negócios e Investimentos Moçambique-Quénia iniciou com a discussão das potencialidades e oportunidades de investimento existentes, bem como o quadro regulatório relevante para os dois países. O Director Executivo da CTA, Eduardo Sengo, abordou o papel da CTA no desenvolvimento do sector privado em Moçambique e apresentou uma carteira de projectos que constituem oportunidades de negócios para investidores nacionais e estrangeiros, sendo de destacar:
Diversos projectos turísticos integrados em Inhassoro, Província de Inhambane e em Chuanga, na Província do Niassa;
Construção de um porto seco, em Chimbunila, Província do Niassa;
Fábrica de cimento e gesso para construção civil em Vilanculos;
Produção de energia de biomassa, em Chimbunila, Província do Niassa;
Produção e Exportação de soja para Quénia.
O representante da APIEX falou das vantagens da localização geoestratégica de Moçambique, que permite a entrada de investidores para os mercados regionais e o acesso aos mercados internacionais através dos portos de Maputo, da Beira e de Nacala.
A existência de mão-de-obra jovem e facilmente treinável e do visto de investidor, são outras vantagens apontada pelo representante da APIEX.

 

SEM COMENTÁRIOS