LOGIN

Login

Memorizar

       
NEWSLETTER AIM & CTA

Newsletter AIM & CTA

Subscreva-se para ter acesso a Newsletter AIM & CTA.
A+ R A-

CTA na busca de diversificação dos parceiros empresariais

  • Visitas: 961

8Newsletter_28_PT.jpg

Sendo uma plataforma cuja missão é contribuir para um ambiente de negócios favorável ao desenvolvimento do sector privado, a CTA está a trabalhar com diversas instituições nacionais e estrangeiras, no sentido de promover as oportunidades de negócios existentes em Moçambique de modo a trazer de volta os investimentos ao País, assim como atrair novos investidores. É neste contexto que tem vindo a receber embaixadores de diversos países e representantes de instituições de alto gabarito internacional. Na semana de 28 de Novembro a 2 de Dezembro, recebeu e reuniu com dois embaixadores, nomeadamente, da Rússia e do Chile, respectivamente, Andrey Kemarsky e Carlos Parker. No seguimento desta nova estratégia, a CTA recebe, no dia 6 de Dezembro, o Embaixador da Itália, Marco Conticelli. Para além destes três, neste ano estiveram na CTA os embaixadores da Índia, China, Brasil, Venezuela, Turquia, Noruega, Inglaterra, Espanha, Japão, e dos Estados Unidos da América.

 

Tratam-se de visitas de cortesia inseridas no quadro da estratégia da CTA que visa a diversificação dos parceiros de cooperação de modo a trazer de volta os investimentos ao País.
Após o encontro com o diplomata russo Andrey Kemarsky, que teve lugar na última terça-feira, o Presidente da CTA, Rogério Manuel, disse ser intenção desta organização empresarial abrir outras janelas de cooperação de modo a trazer investidores a Moçambique. No encontro, foram discutidos vários assuntos ligados às oportunidades de negócios existentes nos dois países.
“Há seculos que a Rússia trabalha na área de hidrocarbonetos e tem muita experiência que pode partilhar connosco. Já temos alguns investidores russos aqui em Moçambique mas achamos que é preciso aumentar mais e diversificar as áreas de actuação. Agora vamos começar a organizar seminários de negócios, aqui e na Rússia, juntando empresários dos dois países como forma de trazer outros investidores russos a Moçambique”, disse Rogério Manuel, para quem, “devido a conjuntura económica não favorável vivida pelo País, a CTA está a procurar formas de diversificação dos parceiros, razão pela qual tem vindo a receber embaixadores de diversos países acreditados em Moçambique, entre outros parceiros de cooperação”.
O Embaixador da Rússia, Andrey Kemarsky, enalteceu o papel desempenhado pela CTA na promoção das oportunidades de negócios existentes em Moçambique.
“Temos uma experiência muito rica do passado e pensamos que podemos aproveitar isso para fazer face aos actuais desfios impostos sobretudo no campo económico. Temos alguns exemplos de investimentos russos em Moçambique feitos na área mineira e outras”, sublinhou Andrey Kemarsky.
As relações de amizade e cooperação entre Moçambique e Rússia vêm desde o ano da independência nacional, mas estavam mais focadas na ajuda humanitária e no campo político.
Entretanto, nos últimos anos, os dois países têm intensificado contactos empresariais. As condições favoráveis para expandir e fortalecer a cooperação mutuamente benéfica se têm desenvolvido nas áreas do comércio, mineração, siderúrgica, petroquímica, agricultura, e projectos de energia e infraestruturas.

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Add comment


Security code
Refresh