LOGIN

Login

Memorizar

       
NEWSLETTER AIM & CTA

Newsletter AIM & CTA

Subscreva-se para ter acesso a Newsletter AIM & CTA.
A+ R A-

Oportunidades de negócios na área de Petróleo e Gás

  • Visitas: 516

Newsletter_37_PT_4.jpg

Abordando sobre os últimos desenvolvimentos e oportunidades na área de Petróleo e Gás em Moçambique, Tânia Munhequete da ENH, disse que no País existem várias oportunidades de negócios decorrentes dos projectos em curso e outros em fase de preparação. Falando especificamente das oportunidades nos porjectos da Bacia do Rovuma, Munhequete disse que as oportunidades de negócios ocorrem em todas as fases dos projectos e podem ser vistas em termos de formação e contratação de mão-de-obra nacional, e contratação de bens e serviços e desenvolvimento de negócios.  

Em termos de oportunidades específicas de negócios, referiu-se ao suporte em trabalhos preparatórios (Early works); Suporte em serviços de logística; Construção/fabricação de módulos de recepção, separação, tratamento de gás e petróleo; Suporte de engenharia, instalação e manutenção de infraestruturas Onshore e Offshore; Construção/fabricação de tanques para manuseio de GNL e de condensado; Desenvolvimento de infraestrutura e ramal subaquático; Construção de Infraestruturas de apoio (base logística, ancoradouros, portos, aeroporto entre outros); Construção de habitações permanentes, escritórios para mais de 400 funcionários; Execução de trabalhos civis (pavimentação e construção de estradas de circulação); Fornecimento de materiais de construção, eletricidade e canalização; Assistência na área de segurança, saúde e meio ambiente; Consultorias multidisciplinares (financeira, geológica, comercial entre outras). 

Para as empresas moçambicanas, no âmbito de política de Conteúdo Nacional, Munhequete dividiu as oportunidades em dois grandes grupos: nomeadamente Construção e Infraestruturas (Dragagens; construção civil e associados; fornecimento de inertes; betão; pavimentação; melhoramento e abertura de estradas; movimentação de solos, terraplanagens; furos de água, tratamento e canalização; eletricidade, redes eléctricas de média e baixa tensão; equipamentos de terraplanagem; vedações provisórias; fornecimento de materiais de construção, eletricidade e canalização; manutenção de infraestruturas) e Logística de carga e de pessoas (Soluções de acomodação; serviços de logística e transporte; aluguer de viaturas; transporte de pessoal; manuseio de cargas pesadas; serviços de gestão de acampamentos; serviços de manutenção de acampamentos e áreas de serviços; serviços de catering e fornecimento de bens alimentícios; provimento de serviços de mão-de–obra; serviços de limpeza e higiene; serviços de segurança e saúde).
Munhequete destacou que no meio destas oportunidades, existem vários desafios, sendo necessário garantir a sustentabilidade e credibilidade dos empreendimentos. Para isso, na óptica da interlocutora, os elevados padrões exigidos pela indústria de petróleo e gás deverão ser mantidos. Referiu que, o esforço será no sentido de serem passos curtos mas seguros, através da capacitação institucional e promoção de políticas que favoreçam o conteúdo nacional. Para isso, sublinhou que serão necessárias estratégias adequadas e coordenadas.

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Add comment


Security code
Refresh