LOGIN

Login

Memorizar

       
NEWSLETTER AIM & CTA

Newsletter AIM & CTA

Subscreva-se para ter acesso a Newsletter AIM & CTA.
A+ R A-

Anuncio de Concurso Publico 004

  • Visitas: 277

CONCURSO PÚBLICO Nº 004/CTA/2017

CONTRATAÇÃO DE GESTOR DA UNIDADE DE MECANISMOS CONSULTIVOS DA CTA

A-   INTRODUÇÃO

A Confederação das Associações Económicas de Moçambique – CTA pretende contratar um Gestor da Unidade de Mecanismos Consultivos (UMC) que estará baseado na Cidade de Maputo. Os interessados e que preenchem os requisitos dos presentes termos de referência, deverão submeter as suas candidaturas até as 17h00 do dia 14 de Julho de 2017, na sede da CTA sita na Avenida Patrice Lumumba, nº 927, Maputo.

B-        Atribuições do Gestor dos Mecanismos Consultivos da CTA

Compete em particular ao Gestor dos Mecanismos Consultivos da CTA:

  1. Coordenar os Mecanismos Consultivos e garantir a elaboração de Planos de Actividades e outros documentos relevantes, tais como, relatórios, cartas, memorandos, discursos e outros inerentes ao sector;
    1. Planificar, programar, dirigir, coordenar e controlar as actividades dos Mecanismos Consultivos;
    2. Assegurar a regularidade de realização dos fóruns do Diálogo Público e Privado (DPP);
    3. Assegurar que os pelouros e as suas contrapartes tenham a respectiva agenda de reformas aprovada;
    4. Coordenar e garantir a implementação de agenda de reformas;
    5. Garantir a interligação entre o pelouro (DPP a nível central) e os Conselhos Empresariais Provinciais (DPP a nível provincial);
    6. Promover e facilitar a articulação entre os Pelouros e a Direcção Executiva;
    7. Informar aos Pelouros das decisões do Conselho Directivo/Direcção Executiva ou de quaisquer assuntos decididos que requeiram o envolvimento dos Pelouros;
    8. Acompanhar a implementação, pelos Pelouros, das tarefas que derivem de decisões centrais e reportar ao Coordenador dos Mecanismos Consultivos o grau da sua implementação;
    9. Emitir pareceres sobre os processos e documentos submetidos a sua apreciação;
    10. Apoiar os Pelouros no desempenho das suas atribuições e compilar os pareceres emitidos pelos pelouros sobre as diversas matérias a estes solicitados;
    11. Organizar e manter actualizados os registos e controlo das acções dos Pelouros, tendo em vista a sistemática do Plano e Orçamento da instituição;
    12. Receber, redigir, expedir, arquivar e controlar a correspondência oficial dos Pelouros;
    13. Atender as partes interessadas que procurem assistência nas matérias relacionadas com os Mecanismos Consultivos ou qualquer questão com estes relacionados;
    14. Desempenhar outras funções, no âmbito das suas competências, que lhe forem atribuídas pelo Conselho Directivo  e/ou pela Direcção Executiva;
    15. Apresentar relatórios mensais das suas actividades;
    16. Preparar as agendas dos encontros dos Pelouros, devendo articular com a Direcção Executiva e/ou outras unidades sempre que se mostrar necessário;
    17. Participar nas sessões dos Mecanismos Consultivos com o Governo e garantir a elaboração das actas e/ou sínteses das sessões, sistematizando-as como forma de garantir memória institucional;
    18. Assegurar a organização e gestão das viagens em missão de serviço relacionadas com temáticas de natureza técnica que possam trazer valor acrescentado ao trabalho dos Mecanismos Consultivos;
    19. Participar em seminários e/ou workshops que possam contribuir para a elevação da capacidade de análise e apoio aos Pelouros;
    20. Preparar documentos de posição da CTA para discussão ao nível dos MC;
    21. Realizar demais actividades inerentes a sua função.

C-        Duração e local de trabalho

O Gestor dos Mecanismos Consultivos é contratado a tempo inteiro e em regime de exclusividade e prestará trabalho nas instalações da CTA e/ou noutras por esta indicadas, o que inclui deslocações para dentro e fora do país.

O Gestor dos Mecanismos Consultivos deverá ter a capacidade de trabalhar sobre pressão e reporta em primeira linha ao Director Executivo da CTA.

D-        Requisitos

  • Disponibilidade imediata.
  • Nacionalidade moçambicana.
  • Formação Superiore experiência relevante de trabalho com o Sector Privado (políticas económicas sectoriais), governo, parceiros de cooperação e/ou outras organizações internacionais.
  • Capacidade de comunicação (em português e inglês) e boas relações interpessoais.
  • Mais de 5 anos de experiência profissional em trabalho com o sector privado e/ou público;
  • Experiência de trabalho e de relacionamento com entidades governamentais e organizações internacionais;
  • Fluência nas línguas portuguesa e conhecimentos da língua Inglesa e outras, na fala e na escrita.
  • Nível excelente de organização e comunicação interpessoal;
  • Bons conhecimentos do uso do computador em ambientes de Microsoft Word e Excel.

 

Maputo, 22 de Junho de 2017

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Add comment


Security code
Refresh