PRODUÇÃO DE ÓLEO ALIMENTAR USANDO MATÉRIA-PRIMA LOCAL:

0
18

CTA, OLAM e ADVZ assinam Memorando de Entendimento

A CTA, Agência de Desenvolvimento do Vale do Zambeze (ADVZ) e a Olam Moçambique assinaram na última Sexta-feira, 22 de Dezembro, um Memorando de Entendimento. As três instituições defendem a adição de valor dos produtos agrícolas locais, criação da cadeia do valor, visando o aumento da produção e produtividade, bem como a criação de postos de emprego. O Memorando foi rubricado pelo Vice-presidente da CTA, Álvaro Massinga, Director Geral da ADVZ, Roberto Albino, e Director Nacional da OLAM, Sridhar Krishnan.

Com a assinatura deste Memorando, a CTA, a OLAM e a ADVZ manifestam interesse em usar produtos locais para a produção de óleo alimentar, precisando, por isso de fortalecer laços que permitam responder às exigências e necessidades do mercado de trabalho, entre outras.

O Memorando de Entendimento tem como objecto, fazer um diagnóstico informativo para o estabelecimento da cadeia de valor, promoção do uso de produtos locais para a produção de óleo alimentar, contribuindo para a redução de importações e aumento da produção e produtividade.

Em termos concretos, as partes vão identificar as intervenções ou condições necessárias para viabilizar a produção de óleo alimentar; estimular os investimentos necessários em cada intervenção; identificar ou mapear os actores chave na cadeia de produção; estimular o aumento da produção e produtividade em toda a cadeia de valor de óleo alimentar, bem como adoptar medidas para responder em tempo útil às exigências da indústria do óleo alimentar.

O presente Memorando, representa a 1ª fase do projecto de viabilização da produção do óleo alimentar na base de

produtos locais.

A 2ª fase do projecto, compreenderá a implementação de projecto específico de produção de óleo alimentar na base de soja. De acordo com o Memorando, cabe a CTA identificar actores chave e mobilizálos a participar neste projecto, enquanto a OLAM deverá fornecer as informações relevantes e as condições nas quais a produção de óleo alimentar na base de soja ou outros produtos, seria viável. Já a Agência do Zambeze, deverá financiar estudos de base para a avaliação da cadeia de valores que contribuirá como elemento fundamental para a viabilização da

produção de óleo alimentar.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA