ADVZ e Sector Privado identificam projectos de interesse estratégico para Moçambique

1391

Newsletter_20_PT1.jpg

A Agência de Desenvolvimento do Vale do Zambeze (ADVZ) reuniu-se, na última quinta-feira, em Quelimane, com o Conselho Empresarial Provincial da Zambézia com o intuito de recolher dados sobre projectos de interesse estratégico a serem financiados no plano do próximo ano.

 

No encontro, o Director Geral da Agência de Desenvolvimento do Vale do Zambeze, Roberto Albino, inteirou-se junto dos membros do CEP Zambézia das dificuldades que o sector privado local enfrenta, e recomendou ao empresariado a identificar projectos de interesse estratégico para o País de modo a serem inclusos no próximo plano de financiamento da ADVZ.
Durante a reunião, o Director Geral da ADVZ disse que o CEP Zambézia é que tem a tarefa de identificar os projectos junto dos empresários.
O empresário Inusso Ismael levantou uma preocupação relacionada com o Projecto do Fundo Catalítico de Inovação e Demonstração (FCID), que, segundo ele, não percebe os critérios de selecção dos projectos a serem financiados.
Respondendo a esta questão, Roberto Albino disse que Zambézia é a província com mais projectos seleccionados, em número de 3 contra 1 de Sofala e 1 de Tete, num total de 5 projectos a nível da zona centro do País. Explicou que, está prevista, para breve, uma visita de trabalho da equipe do Fundo Catalítico de Inovação e Demonstração da Zambézia, durante a qual serão esclarecidas algumas zonas de penumbra que pairam à volta do Projecto.
O Director Geral da ADVZ falou da pertinência de criação de uma sub-componente para o desenvolvimento do movimento associativo na província, e os sectores privado e público devem estar alinhados no que concerne ao conceito do ambiente de negócios. Igualmente, referiu-se à relevância da revitalização das associações económicas da província para o melhoramento do ambiente de negócios e o desenvolvimento do movimento associativo.