Confederação das Associações Económicas de Moçambique

CTA E JSI PROMOVEM ACÇÕES DE MASSIFICAÇĂO DA CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA COVID-19

A CTA e a JSI – John Snow INC, rubricaram um Memorando que se insere no âmbito das acções que o sector privado está a empreender para mitigar os efeitos da pandemia da COVID-19 e no apoio ao Programa Nacional de Vacinação, que visa o controlo da pandemia e rápido retorno à normalidade económica e social.

As acções prevista no Memorando incidem sobre o mecanismo de colaboração do sector privado nas iniciativas em curso de massificação da vacinação no País, com foco para as províncias de Nampula e Zambézia.

“Não obstante os progressos da Campanha de Vacinação, que prevê vacinar 17 milhões de pessoas até Dezembro de 2022, sendo que actualmente 12,5 milhões de pessoas já receberam pelo menos uma dose de vacina e 11 milhões de pessoas encontram-se completamente vacinadas, persistem desafios que incluem a mobilização das pessoas e a desinformação sobre as vacinas” referiu Nuno Quelhas, Presidente da Comissão do Sector Privado em resposta a COVID-19.

Igualmente, face a emergência de novas variantes da COVID-19, está em curso o alargamento do programa de vacinação com administração de uma dose de reforço para grupos específicos, como pessoas com mais de 60 anos de idade, pessoal de saúde, e outros grupos de pessoas vulneráveis.

Face a esses progressos, a nível do sector privado constitui prioridade apoiar os esforços do Governo na mobilização das pessoas para aderirem à vacinação para que rapidamente sejam alcançados os objectivos preconizados no Programa de Vacinação, e o retorno da normalidade na vida socioeconómica.

Neste sentido, no âmbito do MoU, será responsabilidade da CTA mobilizar o sector privado a disponibilizar espaços em empresas para serem polos de vacinação e estimular uma maior aderência da população à campanha de vacinação.

O Director da JSI, Betuel Sigauque, esclareceu que as acções deste Memorando não incluem a aquisição de vacinas, mas sim a massificação da campanha de vacinação, o que irá contribuir para que os trabalhadores e famílias tenham maior acesso a pprotecção da COVID-19. Inclui a melhor organização dos locais de vacinação e acesso à informação sobre vacinas.

Espera-se que a iniciativa tenha como resultado a melhoria dos actuais níveis de adesão à vacinação nas províncias da Zambézia e Nampula, e deste modo concorrer para o aumento do número de pessoas vacinadas no País.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn