CTA REALIZA WORKSHOP SOBRE PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA À RECUPERAÇÃO EMPRESARIAL PÓS – IDAI

332

A CTA, em parceria com a FAN, FSDMoz e a GAIN, realiza na próxima terça-feira, 16 de Abril, no Sena Hotel, cidade da Beira, um Workshop sobre Programa de Assistência à Recuperação Empresarial Pós – IDAI (PAREPI), onde serão apresentado os resultados preliminares do levantamento sobre os impactos do ciclone tropical IDAI no tecido empresarial e as perspectivas de recuperação. 

São esperados 350 participantes, dentre eles empresários, representantes do Governo, sociedade civil e parceiros de cooperação. 

O evento compreenderá dois principais momentos:

1. Diagnóstico dos impactos do ciclone IDAI no tecido empresarial: Serão apresentadas informações preliminares do mapeamento que a CTA está a conduzir, incluindo o número de unidades empresariais e económicas danificadas, uma estimativa das perdas financeiras e económicas, áreas agrícolas inundadas, entre outros dados  estatísticos relevantes.

2. Programa de Assistência à Recuperação Empresarial Pós-IDAI:  Com base no diagnóstico empresarial, pretende-se desenhar uma plataforma para mobilização de fundos para a recuperação económica, denominada Programa de Assistência à Recuperação Empresarial Pós-IDAI (PAREPI).

O PAREPI vai consistir em abertura de uma linha de financiamento para o CAPEX, que visa apoiar na reconstrução de activos empresariais no que respeita aos equipamentos, infra-estruturas, etc. Esta Linha CAPEX seria combinada com uma OPEX, em parceria com os Bancos Comerciais. Também vai consistir num pograma de acesso a insumos.

A CTA tem vindo a acompanhar com  profunda preocupação e consternação os efeitos da devastação que o ciclone IDAI causou na região Centro do País, em particular na Cidade da Beira, afectando particularmente as empresas e milhares de famílias, incluindo a perda de vidas humanas, corte no fornecimento de electricidade e água, e destruição de várias infra-estruturas.

Esta catástrofe afectou praticamente, toda a Região do Vale do Zambeze, rica em produção alimentar, e que, por isso, assegura o abastecimento de grande parte do País em bens alimentares, incluindo contribuição na balança de pagamentos através de exportações.

Tendo em conta este papel da região na economia do País, bem como no lado social, urge implementar iniciativas arrojadas e corajosas que contribuam para a recuperação do tecido empresarial, que através das suas unidades empresariais, provêem emprego e produção para toda a economia.  

Pela Melhoria do Ambiente de Negocios!