Confederação das Associações Económicas de Moçambique

DESEMPENHO DAS EMPRESAS REGISTOU UM LIGEIRO AUMENTO NO II TRIMESTRE DE 2022

O Índice de Robustez Empresarial registou um ligeiro aumento no II Trimestre de 2022 comparativamente ao I Trimestre, tendo passado de 27% para 28%, incremento em 1 ponto percentual.

De acordo o Relatório do Índice de Robustez Empresarial, apresentado hoje no Economic Briefing que decorre no distrito de Chibuto, província de Gaza, este aumento do desempenho das empresas nacionais é justificado pelo início da campanha de comercialização agrícola, início da época de exportação de produtos como o algodão e camarão, e a melhoria do desempenho do sector de turismo principalmente em províncias como Inhambane e Manica.
O Relatório refere que o desempenho não foi mais pronunciado por conta dos impactos do aumento do preço de combustíveis cujos efeitos se reflectiram directamente no sector de transportes, sector esse que, também, se deparou com a elevação dos custos de manutenção. O contexto adverso no qual as empresas desenvolveram os seus negócios foi aliviado pela estabilidade cambial, particularmente os ganhos do metical em relação ao Euro e ao Rand. Isto permitiu que parte dos efeitos da subida dos preços dos alimentos no mercado internacional fosse, parcialmente, absorvido pela apreciação do Metical em relação àquelas moedas. Refira-se que a Zona Euro (Euro) e a África do Sul (Rand) representam pouco mais de 60% das importações totais por ano.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn