DEVIDO AOS CHOQUES CLIMATÉRICOS: GOVERNO REVÊ O CRESCIMENTO DA ECONOMIA NACIONAL PARA 2.5% EM 2019 CONTRA OS 4.7% ANTERIORMENTE PREVISTOS

112

Falando hoje em Maputo, na 2ª edição do Economic Briefing sobre a Conjuntura Actual e Perspectivas Económicas para 2019, Enilde Sarmento, da Direcção de Estudos Económicos e Financeiros no Ministério da Economia e Finanças, referiu que, em face aos desastres naturais que assolaram, recentemente, a economia nacional, as projecções de crescimento económico para o ano 2019, apontam para uma taxa de crescimento média anual cifrada em 2.5% contra 4.7% previstos no Plano Económico e Social de 2019. Esta projecção está em linha com as estimativas do Banco de Moçambique que sugerem que para 2019, a economia moçambicana irá crescer a uma taxa relativamente menor em comparação com a taxa de crescimento observada em 2018, de 3.3%.

Diante deste cenário, a representante do Ministério da Economia e Finanças partilhou o esforço em curso no sentido de concepção de políticas fiscais e orçamentais para minorar o efeito de uma desaceleração mais pronunciada.

Para o mesmo desiderato, o Administrador Felisberto Navalha referiu que o Banco de Moçambique continuará a fazer esforços para garantir a estabilidade macroeconómica, traduzida por uma inflação baixa e estável, que contribuirá, sobremaneira, para a indução da recuperação económica após o choque causado por estas calamidades naturais.