Confederação das Associações Económicas de Moçambique

EMBAIXADOR DA RÚSSIA PROPÕE SOLUÇÕES PARA MITIGAÇÃO DA CRISE DE CEREIAIS

No contexto da situação actual da crise de cereais, sobretudo o trigo, a CTA recebeu o Embaixador da Rússia em Moçambique, Alexander Surikov, em busca de soluções para mitigação da crise.

Uma das questões que o Embaixador abordou foi sobre como as empresas moçambicanas podem ter acesso directo aos fornecedores russos de trigo. Sobre este aspecto, não ficou claro como o trigo russo irá entrar no mercado e como será pago porque Moçambique usa mais o Dólar americano nas suas transacções com o exterior e a Rússia não pode fazer transacções usando a moeda norte-americana devido às sanções impostas na sequência da invasão à Ucrânia.

Contudo, o Embaixador informou que o Secretário-geral das Nações Unidas prometeu interceder junto dos países ocidentais para permitir que as transações com o comércio russo possam fluir, anulando algumas sanções.

No encontro, Alexander Surikov manifestou o interesse de empresas russas em continuar a investir em Moçambique, sendo que o investimento russo continua a contribuir para desenvolvimento de Moçambique. O exemplo disso é a Tazetta Resources que está a desenvolver projecto de mineração na Zambézia e se tornou no maior contribuinte fiscal naquela província.

O volume de comércio entre a Rússia e Moçambique duplicou nos primeiros 5 meses do ano, em comparação com o período homologo de 2021. No mesmo período, as exportações da Rússia para Moçambique triplicaram e concentram-se nos cereais e fertilizantes.

Para ultrapassar este bloqueio, levantou-se a hipótese dos novos investimentos russos em Moçambique serem feitos através de moeda russa, o Rubro, ou moeda moçambicana, o Metical.
Igualmente, colocou-se a possibilidade de Rússia abrir um Banco em Moçambique focado no apoio ao comércio e investimentos bilaterais.
As empresas do Sector de combustíveis presentes na reunião informaram que estão a registar quedas significativas de vendas devido à subida dos preços. Os consumidores têm tomado medidas para reduzir o consumo de combustíveis o que se tem consubstanciado na redução de vendas. O Embaixador Russo informou que uma tonelada métrica do combustível pode ser transacionado até 500 dólares o que constitui metade do preço actual do mercado e isso pode gerar benefícios para as empresas e população.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn