Empresários austríacos querem investir em Moçambique

460

A Cooperação Austríaca para o desenvolvimento e a Advantage Áustria em coordenação com a Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA), o Centro de Promoção de Investimentos (CPI), a Direcção de Apoio ao Sector Privado (DASP), o Gabinete das Zonas Económicas de Desenvolvimento Acelerado (GAZEDA), o Instituto para a Promoção das Pequenas e Médias Empresas (IPEME) e o Instituto para a Promoção de Exportações (IPEX) organizaram ontem, em Maputo, o Fórum de Negócios Moçambique – Áustria.

Trata-se de um evento que juntou cerca de 100 empresários, dos quais 11 austríacos com interesse em estabelecer parcerias com os empresários moçambicanos nos sectores de saúde e Hospitalar, Energia Eléctrica, Suplementos de soldagem, energias renováveis, produtos alimentícios, Indústria da Construção, Hidroeléctrica, Suplementos Hidráulicos, Irrigação, Produtos Siderúrgicos, Veículos especializados.

No evento, Rui Monteiro, Vice-Presidente da CTA advertiu aos empresários presentes para que os investimentos sejam no formato win-win, onde não há perdedores, apenas ganhadores, sendo necessário que as parcerias entre os empresários austríacas e moçambicanos sejam efectivas e que haja transferência de conhecimento e maior incorporação de insumos locais.