Confederação das Associações Económicas de Moçambique

EXPANSÃO DA NUTRIÇÃO EM MOÇAMBIQUE: Projecto CPSP encerra com 122 empresas registadas na Rede SBN

O Projecto CPSP – Catalisar a participação do sector privado na expansão da nutrição em Moçambique, implementado pela GAIN, encerrou com cerca de 122 empresas registas na Rede SBN – com compromissos assumidos para melhoria da nutrição no País.

No evento de encerramento do projecto CPSP, que teve lugar no dia 20 de Maio corrente, em Maputo, foram apresentados os resultados e recomendações sobre o projecto, executado de Dezembro de 2016 a Março de 2021. Como resultados da implementação do projecto CPSP, Moçambique conta hoje com cerca de 122 empresas registadas na Rede SBN, 9 Pequenas e Médias Empresas com maiores capacidades técnicas e financeiras para expandir a sua produção e actuação no mercado, 6 empresas que aderiram a uma intervenção piloto para a implementação de programas e ou iniciativas de nutrição nos seus locais de trabalho, e uma campanha de comunicação para mudança de comportamento social virada para o aumento do consumo de ovos, disponível e adaptável a outros produtos ou alimentos nutritivos.
Uma iniciativa da GAIN, o CPSP contribuiu para fortalecer a capacidade de empresas nacionais, para produção, processamento, distribuição e venda de alimentos nutritivos, bem como para a promoção de iniciativas de nutrição para o local do trabalho.
Essencialmente, o CPSP visava apoiar no engajamento do sector privado e os investimentos na implementação de intervenções adequadas, a favor da nutrição, com a finalidade de melhorar a qualidade das dietas, através da produção, processamento, distribuição, marketing e consumo de alimentos nutritivos e seguros pelas populações de baixa e média renda, por meio de parcerias público-privadas; a expansão de soluções adequadas; e contribuir para a criação de modelos e intervenções baseados em evidências e implementados pelo sector privado. O projecto foi implementado com fundos da UK aid do Governo do Reino Unido e teve o apoio da CTA – Confederação das Associações Económicas de Moçambique, do PMA – Programa Mundial para a Alimentação e do Governo de Moçambique. As acções do CPSP focaram, fundamentalmente, em 6 províncias do centro e norte do país (Cabo Delgado, Manica, Nampula, Sofala, Tete e Zambézia), tendo actuado nas componentes de nutrição no local de trabalho; expansão de mercado de alimentos nutritivos; geração da demanda para o consumo de ovos e Rede de Empresas para a Expansão da Nutrição em Moçambique. Na qualidade de oradores, Vicky Seymour- Director de Desenvolvimento do Foreign, Commonwealth & Development Office – FCDO, Jaime Lima-Director Geral da Topack, Asa Tham- Directora Administrativa da WINNUA, Lote Muchanga – Director geral da Quinta do Bom Ovo, Zeiss Lacerda- Secretário-Geral da AMIA e Eduardo Sengo- Director Executivo da CTA, partilharam as suas experiências e recomendações relacionadas ao projecto.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn