Confederação das Associações Económicas de Moçambique

ÍNDICE DE ROBUSTEZ EMPRESARIAL CAIU PARA 28% NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2021


 

O Índice de Robustez Empresarial registou uma queda significativa no I trimestre de 2021, tendo reduzido de 40% em Fevereiro último para 28% em Abril, cenário que se deveu às medidas restritivas implementadas no âmbito de contenção da propagação da COVID-19.

 Falando ontem, na quinta edição do Economic Briefing, onde a CTA apresentou a terceira edição do Índice de Robustez Empresarial (IRE), o Presidente da CTA, Agostinho Vuma, referiu que as perspectivas animadoras que a Confederação apresentou em Fevereiro último, aquando da apresentação da segunda edição do IRE, foram contrariadas com o ambiente macroeconómico que registou uma deterioração em 1 ponto percentual, de 47.0% para 46%, face ao trimestre anterior.

Diversos factores contribuíram para este quadro negativo, dentre eles, a depreciação cambial registada com uma variação média de 74,26 Meticais por dólar americano, contra os 73,70 Meticais registados no IV trimestre de 2020; a aceleração da taxa de inflação de 3,12% para a cifra de 4,98%; o aumento das taxas de juros com a Prime Rate média de três meses de 15.77% para 16.27%.

Face a este cenário, registou-se, no I trimestre de 2021, uma redução significativa da facturação do sector empresarial em cerca de 26%.

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn