Confederação das Associações Económicas de Moçambique

Itália afirma-se como um dos principais parceiros económicos de Moçambique

O Embaixador da Itália em Moçambique, Gianni Bardini, manteve um encontro com a CTA, na última quarta-feira, para, entre outros assuntos, discutir formas de melhor a interação entre empresários italianos e moçambicanos. A Itália pretende afirmar-se como um importante parceiro económico de Moçambique, particularmente nas parceiras empresariais.

Para a Itália, segundo referiu o Diplomata Gianni Bardini, a parceria não deve se cingir apenas ao Petróleo e Gás, mas deve se estender aos outros sectores de interesse comum, como a agricultura.
“A Itália pode dar muito nos sectores de mecanização agrícola e processamento e transformação de produtos agrícolas, onde possui muita experiência, e no sector de energias renováveis. A presença de empresas italianas em Moçambique pode ser fundamental para o desenvolvimento das PME´s, que são o futuro de um país onde a industrialização será fundamental para a criação de empregos ”, salientou o Embaixador Gianni Bardini.
Nos últimos anos, a intensa actividade diplomática e económica assentou na histórica amizade entre os dois países (Moçambique e Itália), da qual recorda-se a Missão Empresarial que integrou à delegação que acompanhou o Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, na sua visita de trabalho à Itália, realizada nos dias 9 e 10 de Julho de 2019, marcada pela assinatura de Memorandos de Entendimento com a ASSOLOMBARDA, ANIMP, CCMI, ASSOMINERARIA e CONFINDUSTRIA, e pela celebração de acordos de parcerias entre empresas italianas e moçambicanas.
Para a CTA, a Itália é um parceiro forte e reconhecido, e pode jogar um papel importante na transferência de know how.