Confederação das Associações Económicas de Moçambique

Lucro de empresas privadas aumentou no II Trimestre de 2021

O Relatório de Índice de Robustez Empresarial, apresentado recentemente pela CTA, indica que, entre o I Trimestre e o II Trimestre de 2021, o lucro do sector empresarial moçambicano registou uma ligeira melhoria, passando de – 753 MZN/Un para -619 MZN/Un, reflectindo a tímida recuperação do volume de receitas em 3.1%, de 12,471 MZN/Un para 12,862 MZN/Un, associada a redução dos custos de produção em cerca de 0.44%, de 13,360 MZN/Un para 13,301 MZN/Un.

 

De acordo com o Relatório do IRE, a melhoria do lucro deveu-se, essencialmente, ao efeito combinado do aumento da receita e redução dos custos de produção.
O aumento das receitas do sector empresarial no II Trimestre de 2021 face ao I Trimestre, justifica-se, por um lado, pelo alívio das medidas restritivas que haviam sido decretadas ao longo do I Trimestre no âmbito dos esforços para a contenção da propagação da nova vaga da pandemia da COVID-19 e, por outro lado, pelo início da campanha de comercialização agrícola e da temporada de exportações de vários produtos, tais como Camarão, Algodão, Castanha de Cajú, entre outros. Em conjunto, estes factores contribuíram para o aumento da capacidade de geração de receitas no sector empresarial, com enfoque para os sectores dos transportes e indústria que se beneficiaram grandemente do alívio das medidas restritivas de combate à pandemia da COVID-19, bem como do efeito da comercialização agrícola que resulta da sua ligação com o sector da agricultura.
Enquanto isso, a redução dos custos de produção no II Trimestre de 2021 deveu-se, essencialmente, ao efeito da apreciação significativa do Metical face ao Dólar, em cerca de 20%, que se assistiu ao longo do II Trimestre. Esta tendência de apreciação cambial reflectiu-se na redução do custo das matérias-primas importadas, aliviando ligeiramente a estrutura de custo das unidades produtivas, sobretudo as do sector industrial.
No entanto, a subida das taxas de juros, que contribuiu para o agravamento dos custos financeiros, limitou a redução mais pronunciada dos custos.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn