MAIS DE 30 MIL CONTRATOS DE TRABALHO SUSPENSOS DEVIDO A COVID-19

163

O Estudo da CTA sobre o Impacto da COVID-19 no Sector Empresarial, indica que, no primeiro semestre deste ano, cerca de 30 mil contratos de trabalho foram suspensos, na sequência da redução significativa do volume de receitas, que afectou o fluxo de caixa das empresas e a sua capacidade de suportar os custos de produção, dos quais o pagamento de salários.

Considerando este ritmo de evolução, o Estudo estima que até o final do ano este número poderá aumentar para 63 mil, o correspondente à aproximadamente 11% da massa laboral empregue no sector privado. Em termos sectoriais, a Hotelaria e Turismo regista o maior número de postos de empregos suspensos, cerca de 40% do total.