Confederação das Associações Económicas de Moçambique

Medidas de realce para a reabertura do Turismo

O Presidente da República, na sua Comunicação à Nação no âmbito do estado de Calamidade Pública, na última Quinta-feira, 23 de Setembro, medidas que, de certa forma, reanimam a esperança de retoma de Turismo, que é o sector mais afectado pelas medidas de contenção de propagação da COVID-19.

Entre as medidas anunciadas que podem reanimar o sector de Turismo, sobressai:

  • Alargamento do horário de funcionamento dos restaurantes, das 6:00 às 22:00
  • Abertura de teatros, cinemas, salas de jogo em 30% e 40% da capacidade dos museus;
  • Lotação dos ginásios para 25%;
  • Abertura de piscinas públicas a 20%;
  • Reuniões no máximo de 50 participantes no interior e 100 no exterior, não excedendo 30% da capacidade;
  • Eventos de Estado até 100 participantes;
  • Eventos sociais privados até 30 participantes no interior e 50 no exterior;
  • Abertura das praias a banhistas com interdição de jogos e vendas até às 17:00;
  • Recolha obrigatória das 23:00 às 4:00;
  • O Presidente do Pelouro de Turismo, Hotelaria e Restauração da CTA, Muhammad Abdullah Hassam, e a sua equipa transmitem a mensagem de optimismo em relação à possibilidade de relançamento do sector. Acreditam que, com resiliência, optimismo e associativismo forte, o momento difícil que se vive será ultrapassado.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn