NO ÂMBITO DO FUNDO DE APOIO ASSOCIATIVO FINANCIADO PELA USAID: CTA já desembolsou cerca de USD 200 Mil para financiar actividades das DEP’s e Associações

393

Enquadrado na estratégia de reforço da capacidade institucional das associações económicas membros, a CTA, através do Fundo de Apoio Associativo, já desembolsou 330.000 dólares norte-americano, dos 400.000 dólares disponíveis, para apoio a oito Delegações Empresariais Provinciais e igual número de Associações/Federações.

O Fundo de Apoio Associativo foi lançado em Julho de 2017, com o apoio da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), e tem como objectivo disponibilizar fundos no valor de 30.000 dólares americanos para as Delegações Empresariais e 25.000 dólares para as associações apuradas, para o cumprimento das suas actividades principalmente nas áreas estratégias da sua actuação como organização.
Na primeira janela, foram aprovados e financiados oito projectos, sendo quatro submetidos por DEP’s e outros quatro por Associações.
Nesta janela, beneficiaram-se do Fundo as DEP’s de Cabo Delgado, do Niassa, de Inhambane e de Sofala, e as seguintes associações: ASTROGAZA (Gaza), AICAJU (Nampula), CCM-USA (Maputo) e ACB (Sofala).
Já na segunda janela, foram contempladas as DEP’s de Gaza, de Manica, de Maputo e de Tete. Em termos de Associações/Federações, beneficiaram do Fundos a AEMC (Maputo), a AECOPS (Sofala), a FEMATRO (Maputo) e a FME (Maputo).
Nesta janela, 83 projectos concorreram ao Fundo de Apoio Associativo, que visa, essencialmente, apoiar as Associações Económicas, de forma competitiva para actividades nas seguintes áreas: Promoção de negócios e investimentos para criação de emprego; diálogo público-privado sectorial; desenvolvimento associativo; e sustentabilidade das associações.
Esta iniciativa, que se enquadra no plano de desenvolvimento associativo da CTA.