Novo Embaixador dos EUA visita CTA e reitera apoio ao Sector Privado Moçambicano

98

O novo Embaixador dos Estados Unidos da Améria (EUA), Dennis Walter Hearne, que apresentou as suas cartas credenciais em Abril último, visitou à CTA na última quarta-feira, 22 de Maio, onde manteve um encontro com o Conselho Directivo. A visita de cortesia insere-se no quadro das relações de cooperação entre o sector privado moçambicano e os EUA, através da USAID – Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional. O diplomata americano disse que o Governo do seu país vai continuar a prestar apoio ao sector privado moçambicano na busca de uma plataforma visando à criação de um ambiente favorável de negócios.

Nesta, que foi a sua primeira visita à CTA como Embaixador, Dennis Hearne recebeu explicação sobre o que é CTA, quando e como surgiu, e como é que funciona. O diplomata americano referiu que o sector privado é essencial para o desenvolvimento económico de qualquer país, por isso “queremos continuar a apoiá-lo”. No encontro, foram abordadas questões relacionada com a Cimeira de Negócios EUA-África, a realizar-se em Maputo de 19 a 21 de Junho de 2019, evento que, para Dennis Hearne, será uma grande oportunidade para Moçambique divulgar mais o que tem de potencial e o que tem estado a fazer para tornar favorável o ambiente de negócios, visando atrair mais o investimento privado dos EUA.
Em ralação ao apoio para reconstrução pós-desastres naturais, o Embaixador disse que o seu país não vai olhar apenas para os sectores sociais, como a Educação e Saúde, mas também para os sectores produtivos, promotoras de desenvolvimento económico de qualquer país.
O Presidente da CTA, Agostinho Vuma, destacou o papel dos EUA no crescimento do sector privado em Moçambique, considerando que desde a sua criação, a CTA contou sempre com o apoio financeiro da USAID.