Confederação das Associações Económicas de Moçambique

OBTENÇÃO DE EMPREGO TENDEU A SER RELATIVAMENTE MAIS DIFÍCIL NO I TRIMESTRE DE 2022

A obtenção de emprego em Moçambique tendeu a ser relativamente mais difícil no I Trimestre de 2022 em relação ao IV Trimestre de 2021, tendo o índice de tendências de emprego baixado de 125.9 para 115.0, o correspondente a uma descida de 10.9 pontos percentuais.
De acordo com o relatório do Índice de Robustez Empresarial referente ao I Trimestre de 2022, apresentado pela CTA na VIII edição do Economic Briefing que teve lugar no dia 27 de Abril na cidade da Beira, as empresas moçambicanas se mostraram mais dispostas a contratar trabalhadores temporários em contraposição a trabalhadores permanentes. Houve um aumento ligeiro do índice de emprego temporário e em tempo parcial, de 25% para 25,2%.
Esta tendência evidencia a persistência de desafios associados ao apetite de contratação das empresas, devido, em grande medida, à incerteza gerada pelo choque pandêmico e os riscos emergentes.

As províncias do Niassa, Tete e Manica apresentaram melhorias no índice de tendência de emprego, enquanto as restantes apresentou um comportamento de deterioração.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn