PR assegura a operacionalização do Memorando para negócios com EUA

198

Durante a sua intervenção, o Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, assegurou a operacionalização de todos os instrumentos de cooperação que o País assinou com os Estados Unidos da América, incluindo o Memorando de Entendimento para negócios, nos dois sentidos, assinado em Maputo.
Para o Chefe de Estado moçambicano, os acontecimentos relacionados com a pandemia de COVID-19 oferecem imensas oportunidades de negócios, por isso convidou os homens de negócios dos EUA a tirarem pleno proveito do ambiente de investimento em Moçambique.

“É nossa estratégia, conduzir o combate a esta pandemia, abrindo a economia de modo a tornar sustentável a gestão da resposta à Covid-19. Por isso, estamos empenhados em assegurar que Moçambique continue a ser um destino importante de investimento, agora e depois da pandemia”.

Destacou que, a estratégia de desenvolvimento de Moçambique, adoptada pelo Governo, prioriza a agricultura e o agro-processamento, bem como o desenvolvimento de infraestruturas, estando as empresas dos Estados Unidos bem posicionadas para investir.
“O sector de energia ganhou um novo ímpeto, não só no sector tradicional hidroeléctrico, mas também na indústria do gás natural e estamos desejosos em aumentar as parcerias entre as empresas moçambicanas e as dos Estados Unidos no sector de Gás Natural Liquefeito (GNL)”, referiu o Presidente da República, para depois frisar: “As nossas reformas políticas, económicas e de governação do sector empresarial, abriram o caminho para a aprovação do segundo Compacto do Millenium Challenge Corporation (MCC).
Representado pelo respectivo Presidente Agostinho Vuma, a CTA participou no Fórum Virtual dos Líderes do CCA, tendo acompanhado a sessão subordinada ao tema “Inovações Económicas e no sector da Saúde em Resposta a COVID-19”, que contou com a participação do Presidente da República de Moçambique, Filipe Jacinto Nyusi, na qual abordou sobre as acções empreendidas pelo Governo no âmbito da prevenção, mitigação dos efeitos e acções pós COVID-19.