Confederação das Associações Económicas de Moçambique

Programa de Certificação da CTA, Fundação FAN e INNOQ: MOZCOMPUTERS a primeira empresa certificada

A CTA procedeu hoje, 14 de Junho, à entrega do primeiro diploma de certificação a MOZComputers, empresa certifica com ISO 9001 (Sistema de Gestão de Qualidade) no âmbito do PRONACER – Programa Nacional de Certificação Empresarial, implementado em parceria com o Instituto Nacional de Normalização e Qualidade (INNOQ) e a Fundação para a Melhoria do Ambiente de Negócios (FAN).

A entrega deste diploma insere-se no âmbito da concretização do Plano Estratégico da CTA e da preocupação em responder a um dos principais constrangimentos que afecta o desenvolvimento das micro, pequenas e médias empresas moçambicanas.

O PRONACER, lançado em 2019, tem como principal objectivo assegurar a participação efectiva e sustentável das empresas nacionais na cadeia de valor da exploração dos recursos naturais.
Neste programa, que é comparticipado em 50% pela empresa, inscreveram-se 155 empresas a nível nacional, das quais cerca de 80% manifestaram interesse pela ISO 9001 (Sistema de Gestão de Qualidade), ISO 45001 (Saúde e Segurança no Trabalho‎) e ISO 14001 (Sistema de Gestão Ambiental).

No âmbito do Programa, 100 empresas beneficiaram de capacitação sobre a importância, necessidade e tipos de certificação requeridas para fazer negócios com as multi-nacionais.
Após um longo processo de triagem, 25 empresas foram pré-qualificadas e na fase derradeira, com apoio do INNOQ, 20 empresas nas cadeias de carvão, petróleo e gás natural receberam auditorias externas para certificação.

Assim, das empresas elegíveis, hoje foi entregue a MOZComputers, o primeiro diploma de uma empresa certificada no âmbito do PRONACER, e ainda este ano serão entregues às restastes 19 empresas.
Ainda no âmbito da materialização do Plano Estratégico da CTA 2021-2024, que dentre outros objectivos visa o aumento da competitividade das micro, pequenas e médias empresas moçambicanas, está prevista a certificação de mais 15 empresas, com foco para a província de Cabo Delgado no âmbito do projecto +Emprego implementado pela CTA, com financiado da União Europeia e Instituto de Camões.

Na sua intervenção, o Presidente da CTA, Agostinho Vuma, incentivou as empresas a aderirem a certificação, porquanto num mundo cada vez mais interligado onde os processos de produção encontram-se dispersos, a oferta de serviços de qualidade constitui um dos principais requisitos para fazer parte das cadeias de valor global.

“Neste âmbito, a certificação concorre para a melhoria da imagem da empresa e é uma ferramenta para transmitir credibilidade dos seus produtos, do que resulta uma maior exposição aos mercados doméstico e global”, salientou.
Por seu turno, o Director Geral do INNOQ, Geraldo Albazine, instou a MOZComputers a continuar a melhorar os seus processos até atingir a excelência.
A representante da MOZComputers agradeceu a oportunidade que a sua empresa teve de participar neste processo de certificação e espera que com esta norma a consiga mais oportunidades de negócio e capitalizá-las, fornecendo cada vez mais melhores produtos e serviços nos grandes projectos em implementação em Moçambique.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn