VISITA DA EMBAIXADORA A CTA:  Gás natural desperta interesse dos empresários da Lituânia

213

O gás natural de Moçambique está a despertar o interesse dos empresários da Lituânia. A Embaixadora daquele país europeu, Sigute Jakstonyte, visitou a CTA na última quarta-feira e manteve um encontro com a Direcção, onde manifestou este interesse dos empresários do seu país.

A Embaixada da Lituânia está implantada na África do Sul desde 2015 e pretende mais aproximação com os países da região austral de África, à busca de oportunidades de negócios.

Em Moçambique, a Lituânia está interessada no gás natural. Também aprecia o potencial turístico do país.

A diplomata não avançou o nível de investimento que o seu país pretende realizar em Moçambique, mas assegurou que os empresários da Lituânia têm interesse de se encontrar com empresários moçambicanos para definição das áreas de interesse comum e o nível de investimento que poderão realizar.

Para o efeito, espera-se a realização de um fórum de negócios entre empresários dos dois países para materialização deste desiderato.

“A primeira oportunidade de encontro entre os empresários da Lituânia e de Moçambique, depois de troca de impressões e partilha de oportunidades de negócios e de parcerias, aí pode se definir as áreas de interesse comum e o volume de investimento, mas, para já, posso adiantar que os sectores de petróleo e gás e de tecnologia são de grande interesse dos empresários da Lituânia”, referiu Sigute Jakstonyte.

Por seu turno, Eder Pale, Vice-presidente da Comissão de Conteúdo Local e Ligações Empresariais na CTA, disse que Moçambique tem potencial para oferecer os empresários da Lituânia sobretudo nas áreas do seu interesse. Referiu que os empresários moçambicanos estão preparados para capitalizar estas oportunidades, e como CTA pretende promover o país e o empresariado nacional além-fronteiras.